Blog

Trilha da Música – Booktrailer

Categoria: 2013 | Leave a comment

Lo primero tango no se puede olvidar

Charme, mistério, paixão, melancolia, nostalgia, boemia. Adjetivando-se: poético, dramático, profundo, fatal, feminino e masculino. Não há como sair ileso. Impossível ficar indiferente.

Todas as noites, Buenos Aires se entrega à sonoridade e aos passos do tango. Nasceu nos subúrbios da cidade de uma combinação de elementos de origem italiana, espanhola, crioula, cubana e negra. Veja o post completo »

Categoria: 2011 | Leave a comment

Carta para Almeida Prado

Mestre, você agora é um morador celeste. Obrigada por nos deixar a sua música, tão cheia de energia, de cores e de delicadeza. Aqueles arpejos e ritmos de dar nó fazem o improvável parecer indispensável.

Obrigada pelas peças da sua Cartilha rítmica que, interpretadas por Sarah Cohen, emprestam-se à apreciação musical pelas crianças no meu livro Para fazer música 1. Deixe-me homenageá-lo contando como isso acontece. Veja o post completo »

Categoria: 2010 | Leave a comment

A expressividade dos sons curtos e longos – Atividades 2

O tema “ritmo” ou “durações” apoia-se primordialmente na duração relativa dos sons. Da combinação de sons curtos e longos, acrescidos de silêncios e acentos, derivam-se todos os padrões rítmicos. Estes podem ser regulares, ou seja, medidos ou métricos, associados ao pulso constante; ou podem ser irregulares, aleatórios, não métricos. Ambos, padrões de sons regulares e irregulares, ocorrem tanto na música quanto na natureza e no cotidiano. Veja o post completo »

Categoria: 2010 | Leave a comment

O cavalo-marinho, a concha e a pérola – Poema sonoro 1

O cavalo-marinho, a concha e a pérola é um misto de audiopartitura, poema sonoro, poema concreto e vontade-de-ser-desenho-animado.

O poema deve ser lido muito devagar, com suspiros entre os versos e variações na entonação vocal conforme o personagem em cada linha. Sei que não precisa dizer, mas os raios de luz coloridos (azul, rosa e bege) em colunas no cenário ajudam a situar as alternâncias das entradas dos elementos. Veja o post completo »

Categoria: 2010 | Leave a comment

Materiais sonoros, caráter expressivo e forma – Fundamentos 2

Sons se tornam música. Incorporam expressividade, fazendo brotar impressões, climas, sensações e emoções. Sugerem ansiedade ou monotonia, hesitação ou completude. Escolhas na organização dos elementos sonoro-musicais determinam o caráter expressivo e a articulação estrutural de uma peça. Veja o post completo »

Categoria: 2010 | Leave a comment

Os nomes das notas musicais – Atividades 1

O automatismo das ordenações dos nomes notas musicais é uma das ferramentas básicas da leitura musical. Para mim não existe maneira mais musical e impactante de abordar esse conteúdo do que com a escuta do arranjo da música Minha Canção, que integra a trilha de Os Saltimbancos, versão de Chico Buarque para o original de Enriquez e Bardotti, inspirado no conto Os músicos de Bremen dos Irmãos Grimm. Veja o post completo »

Categoria: 2010 | Leave a comment

Por que nos ocuparmos com educação musical? – Fundamentos 1

Graças ao trabalho do Grupo de Articulação Parlamentar “Quero educação musical na escola”, que reuniu milhares de artistas e educadores de todo o país, foi homologada em agosto de 2008 a Lei 11.769[1], que tornou a música “conteúdo obrigatório, mas não exclusivo”, do ensino de Arte (Art. 26, § 6º). Essa determinação deve ser cumprida até o segundo semestre de 2011 (Art. 3º). Veja o post completo »

Categoria: 2010 | Leave a comment